<b>É PRECISO LER E OUVIR AS MULHERES!</b>

  • Priscila Costa Oliveira Artes Visuais - UDESC

Resumo

VER.SAR - Práticas artísticas, maternidades e feminismos

A maternidade se torna matéria viva na poética de Clarice Lispector nos diálogos com seus filhos na voz da Taís Baia, escutamos angustiadas o funcionamento de violência e anestesia contados por Verônica Stigger na voz de Kamilla Nunes, compreendemos a importância das mães estarem bem e felizes consigo mesmas no manifesto Para educar crianças feministas de Chimamanda Ngozi Adichie na voz de Anna Moraes, ouvimos sobre o matriarcado das famílias negras da qual fala Conceição Evaristo e a convocação as novas gerações na voz de Renata Sampaio. Entremeada na escuta/imagem ouvimos sobre amor, desencanto e recomeços em a moça tecelã de Marina Colasanti na voz de Sil Saldanha...

Biografia do Autor

Priscila Costa Oliveira, Artes Visuais - UDESC

Artista e Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Artes Visuais da Universidade do Estado de Santa Catarina.

Publicado
2019-10-19