O processo deliberativo no encontro com Trina Robbins

Resumo

Jesús Martin-Barbero (2000) acredita que mais importante que avaliar e analisar a mídia, quando se trata de estudos de Comunicação, é observar os encontros sociais e eventos, ao menos no que diz respeito à América Latina. Martin-Barbero também afirma que medir as respostas da mediação cultural em certos eventos pode oferecer uma rica quantidade de informações para
pesquisas culturais e de comunicação. Tendo essas considerações em mente, este artigo busca analisar os resultados obtidos a partir de um encontro promovido pela Associação de Pesquisadores em Arte Sequencial (ASPAS), com a artista gráfica, cartunista e pesquisadora estadunidense Trina Robbins, em agosto de 2015. Na busca da equivalência de indicadores de produção cultural feminina e masculina, a realização de eventos, oficinas e cursos visa profissionalizar e divulgar os trabalhos das artistas bem como a criação de redes sociais e publicações exclusivas, como soluções viáveis para a diminuição da desigualdade de gêneros no universo dos quadrinhos.

Biografia do Autor

Daniela dos Santos Domingues Marino, Associação de Pesquisadores em Arte Sequencial (ASPAS)

Mestrado em Ciência da Comunicação pela ECA/USP (2018). Graduação em Letras Vernáculas – Inglês pela
UNIMES (2012). Membro Diretivo e Pesquisadora da Associação de Pesquisadores em Arte Sequencial (ASPAS).
Pesquisadora do GRUPO PLENA. 

Publicado
2020-06-02