Quadrinhos eletrônicos e e Jogo do texto

quando autores e leitores negociam significados

Resumo

O teórico da estética da recepção Iser (2002) dá o nome de jogo do texto à negociação de significados entre leitores e autores, tendo o texto como espaço onde tal fenômeno da leitura
ocorre. Ampliando a aplicação dos princípios formulados por Iser, do texto literário tradicional para as histórias em quadrinhos, visto que a linguagem e mídia dos quadrinhos também se
constitui em texto literário e está aberta à construção de diferentes significados da parte de seus leitores. A webcomic interativa Homestuck (2009 – 2016), é uma narrativa em quadrinhos
híbrida, que engloba elementos de literatura e video games em sua composição. Investigou-se como esse jogo se dá, num exercício de compreensão da recepção desta obra em particular, na
ânsia de lançar luz a possíveis caminhos para a compreensão da construção de comunidades de leitura não só de quadrinhos, mas de outros produtos culturais, no contexto da cibercultura.

Biografia do Autor

Maiara Alvim de Almeida, Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ)

Doutora em Letras Vernáculas pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Atua como docente Instituto
Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ). Membro Diretivo e Pesquisadora da
Associação de Pesquisadores em Arte Sequencial (ASPAS). 

Publicado
2020-06-01